Aconteceu neste sábado (28) a convenção estadual do partido Rede Sustentabilidade, liderado por Marina Silva. O evento selecionou os pré-candidatos que concorrerão na chapa pelos cargos de Governador e Senador pelo estado de Mato Grosso.  Arthur Nogueira, ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal, concorrerá ao Executivo pelo partido. Uma das vagas para o Senado será disputada por Sebastião Carlos, jurista e membro da Academia Mato-grossense de Letras e a segunda vaga é de Alair Leite (PPL). A Rede está coligando com o PPL, por isso uma da vagas na chapa pertence à legenda.

De acordo com Eron Cabral, porta-voz da Rede no estado, a chapa é uma “alternativa para sociedade de Mato Grosso”, que vive uma polarização política. A vaga para vice-governador ainda não foi preenchida, pois o partido está procurando manter abertas as opções para possíveis parcerias. Cabral afirma que o diálogo com partidos como o Pros, PMN e Podemos ainda está acontecendo, e deve ser mantido até dia 05 de agosto.

Durante a convenção, a pré-candidata à presidência Marina Silva falou por meio de vídeo com os correligionários e apoiadores do PPL ali presentes. A convenção nacional que irá lançar oficialmente Marina Silva como candidata está marcada para dia 4 de agosto. Os correligionários do estado já garantiram seu apoio à pré-candidata. Segundo Cabral, “a rede vai concorrer com candidatos desde a presidência da república até ao governo estadual”. Juntamente com o PPL, possui 37 pré-candidatos a Deputado Estadual e uma chapa completa de 16 pré-candidatos a Deputado Federal. A Rede Sustentabilidade possui cerca de 500 filiados em Mato Grosso.